• Dra. Claudia Neurologista

O QUE É ESCLEROSE LATERAL AMIOTRÓFICA (ELA)?


A Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) é uma doença rara, neurodegenerativa progressiva, que afeta o sistema nervoso e acarreta paralisia motora irreversível, pacientes com a doença sofrem paralisia gradual e perda de capacidades cruciais.


Desde 2009, o Ministério da Saúde, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), oferece assistência e medicamentos gratuitos, de forma integral, aos pacientes com essa doença, com base no que está cientificamente comprovado, embora ainda não existam evidências em nível mundial de tratamento que levem à cura da doença.


A ELA desenvolve distúrbio progressivo com degeneração do sistema motor em vários níveis: bulbar, cervical, torácico, lombar.


As causas da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) ainda não são conhecidos, no entanto sabe-se que em cerca de 10% dos casos ela é causada por um defeito genético.


Na prática, os neurônios dos pacientes acometidos pela doença se desgastam ou degeneram e já não conseguem mais mandar mensagens aos músculos.


Isso gera a curto e médio prazo enfraquecimento dos músculos, contrações involuntárias e incapacidade de mover os braços, as pernas e o corpo.


A doença piora lentamente, além disso, outras causas que podem estar relacionadas com a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) são: mutação genética e doenças autoimunes, sabe-se que parentes próximos de alguém que tenha a doença têm chances de adquiri-la também, tendo em vista que uma das causas são exatamente os fatores genéticos/hereditários.


O diagnóstico da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) é feito, inicialmente, por meio de análise clínica e exame físico, que pode mostrar algumas deficiências físicas, sinais e sintomas que podem estar relacionados à doença.


Pode haver, por exemplo, tremores, espasmos e contrações musculares, ou perda de tecido muscular (atrofia).


O tratamento para a Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA) começa com um medicamento, que é distribuído gratuitamente por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), esse medicamento reduz a velocidade de progressão da doença e prolonga a vida do paciente.


Também é indicado que faça fisioterapia.



___________________________________


Dra. Claudia Soares Alves

Médica Neurologista

CRM GO 12452  |  CRM MG 41000

RQE 7919 e 6115


AGENDE UMA CONSULTA


#neurologistaitumbiara #medicoitumbiara #saudeitumbiara #ELA

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo